Nenhum comentário

14 dicas para quem trabalha sempre na mesma posição

mulher se alongando no escritório

Se você chegou até aqui é bem provável que trabalhe na mesma posição durante todo o dia e isso já está começando a te prejudicar de alguma forma. Saiba que sua empresa precisa fazer uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET) para te ajudar.

Por outro lado, se você é empregador e conhece a realidade da postura dos seus colaboradores durante suas atividades, esse artigo também servirá para você os orientar a corrigir alguns pontos para melhorar esse quesito.

Sabemos que manter uma mesma postura ou posição durante muito tempo é bem desconfortável, principalmente quando se já está chegando em uma idade mais avançada.

Mas não estamos falando aqui de manter a mesma posição por horas e sim dias, meses e até anos! Em muitas ocasiões as pessoas passam toda sua vida trabalhando em posturas inadequadas sem se dar conta dos problemas que essa situação pode acarretar.

Portanto, saiba que a Análise Ergonômica do Trabalho é de extrema importância na empresa e é através dela que será feito um estudo detalhado da tarefa, demanda e atividade no trabalho para identificar essas inadequações.

Mas afinal, o que é e como funciona a Análise Ergonômica do Trabalho (AET)?

Por definição, a AET, de acordo com a norma regulamentadora 17, é um conjunto de metodologias que tem como finalidade analisar minuciosamente toda a atividade laboral, contemplando assim todo o ambiente, organização, mobiliário, acessórios e ferramentas necessárias para a realização do trabalho.

Ela serve para identificar e classificar quais impactos os colaboradores terão no seu dia a dia, e propor ações que eliminem ou que pelo menos atenuem os fatores de risco encontrados.

Se sua empresa possui atividades que oferecem risco ao colaborador, a Análise Ergonômica do Trabalho individual deve se fazer presente. Confira abaixo alguns fatores de risco que sinalizam a necessidade da AET:

  • Condições ambientais inadequadas;
  • Movimentos repetitivos;
  • Postura inadequada;
  • Levantamento de cargas;
  • Transporte de cargas;
  • Esforço físico intenso;
  • Ritmo intenso de trabalho;
  • Alta demanda cognitiva;
  • Organização do trabalho incompatível;
  • Outros.

Lembrando que a AET não avalia apenas riscos físicos, mas também os mentais. Com isso, ela inclui uma avaliação psicológica do colaborador, avaliando o grau de estresse, sobrecarga mental etc.

A Análise Ergonômica do Trabalho é um documento que pode ser elaborado por profissionais habilitados nessa área, entre eles médicos, fisioterapeutas, educadores físicos e engenheiros de segurança do trabalho.  Segundo a ABERGO (Associação Brasileira de Ergonomia) para ser ergonomista e poder assinar a AET, é necessário um curso de pós-graduação lato sensu, de no mínimo 360 horas, em uma universidade credenciada pelo Ministério da Educação.

Benefícios da Análise Ergonômica do Trabalho

Caso você tenha chegado até esse ponto do texto e ainda não tenha se convencido a respeito da importância da AET, vamos clarear melhor as coisas pra você listando alguns benefícios.

  • Aumento da satisfação e engajamento por parte dos colaboradores: ao verem a empresa valorizando sua saúde, os funcionários ficam motivados e isso engaja eles com a causa;
  • Aumento da produtividade;
  • Redução de faltas;
  • Ambiente de trabalho positivo;
  • Evita ações trabalhistas;
  • Cumpre a lei;
  • Eleva o conceito da empresa;
  • Evita futuros gastos;
  • Diminui nível de estresse;
  • Evita acidentes;
  • Evita multas.

Acho que agora deu para entender melhor porque a Análise Ergonômica do Trabalho é tão vantajosa, né?! E os benefícios não param por aí, a partir desses conseguimos relacionar com diversos outros.

14 Dicas essenciais

Chegamos ao ponto principal desse texto: compartilhar com você, leitor, dicas essenciais para melhorar a vida de quem trabalha na mesma posição o dia todo.

Claro que isso não dispensa a necessidade de uma avaliação mais profunda, como a Análise Ergonômica do Trabalho do seu caso, mas essas dicas podem tornar essa situação bem mais confortável pra você:

  • Invista em sapatos confortáveis e leves, como tênis esportivos, principalmente se trabalha de pé;
  • Invista em exercícios físicos ao longo da semana (pelo menos 3 vezes é o indicado);
  • Durante o horário de almoço ou intervalos, sente-se um pouco se você costuma ficar em pé;
  • Tente equilibrar o peso entre os dois pés deixando um mais alto que o outro e vice-versa se você trabalha de pé;
  • Faça alongamentos antes, durante e após o expediente. Existem diversos vídeos no YouTube com essa finalidade, pesquise por eles;
  • Diminua os cliques no mouse;
  • Lembre-se de relaxar os músculos;
  • Alterne as tarefas;
  • Mantenha os ombros relaxados, com o cotovelo junto do corpo;
  • Evite apoiar os cotovelos em superfícies duras, leve uma pequena almofada se necessário.

Dicas para melhorar sua postura:

  • Caso você trabalhe sentado, posicione seus quadris o mais atrás possível no assento e deixe sempre a coluna encostada por completo no encosto da cadeira;
  • Forme um ângulo reto (90°) com seus braços e antebraços, e tente sempre deixar os antebraços apoiados na mesa;
  • Avalie uma distância segura entre seus olhos e o monitor (50 à 60 cm). o ideal é ao esticar o braço conseguir tocar na tela.
  • Forme um ângulo de 90° graus de joelho e sempre apoie os 2 pés por completo no chão.

Conclusão

Podemos concluir que a Análise Ergonômica do Trabalho é fundamental em uma empresa que preze pela integridade física, psicológica e social de seus colaboradores.

Se você é empregado, não deixe de executar nossas dicas essenciais no seu dia a dia e engajar os outros colegas de trabalho a fazerem o mesmo. Sua saúde de agora e futura agradecem! Afinal, envelhecer com saúde deve ser nosso principal objetivo.

Se esse artigo foi útil pra você ou se ainda possui alguma dúvida sobre o assunto, não deixe de comentar. Será um prazer ajudar!

Você também pode gostar

Você também pode se interessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Fale com um consultor