Nenhum comentário

O que é medicina do trabalho e quais suas funções

Poucas pessoas sabem realmente o que é medicina do trabalho e como ela é utilizada no controle de riscos no ambiente profissional assim como na prevenção de doenças que possam comprometer a saúde o trabalhador. Contudo, ela tem um importante papel para empregados e empresas.

Se para os empresários o atendimento da medicina ocupacional afeta positivamente a qualidade do trabalho realizado, para os funcionários ela garante que eles possam exercer suas funções sem colocar sua saúde em risco.

Mas afinal, o que é medicina do trabalho? Neste artigo responderemos a isso e ainda separamos informações sobre o que faz um médico do trabalho, a importância que essa área da medicina tem para as organizações e seus objetivos. Confira!

O que é medicina do trabalho e quando ela surgiu?

A medicina do trabalho é uma área da medicina voltada para a prevenção e tratamento de problemas de saúde causadas pelo exercício da profissão.

O acompanhamento por um médico do trabalho evita o surgimento e/ou agravamento de doenças relacionadas às atividades desempenhadas na empresa. Além disso, este é um direito do trabalhador previsto na CLT, mas que também oferece benefícios para a empresa, já que reduz os custos com ausências, remanejamento e até mesmo troca de funcionário.

Quando surgiu a medicina do trabalho

Além de saber o que é medicina do trabalho, outra dúvida recorrente envolvendo esse tema é sobre como surgiu esse ramo da medicina.

Basicamente, nas aulas de história, você deve ter aprendido que durante o século XIX, com a Revolução Industrial, diversas pessoas começaram a trabalhar nas fábricas, em condições não muito propícias para o desenvolvimento de suas funções.

Com isso, muitos trabalhadores começaram a apresentar problemas devido às péssimas condições de trabalho e às longas e exaustivas jornadas.

Por conta disso, em 1834, o governo inglês nomeou o primeiro médico do trabalho que ficou responsável por inspecionar as fábricas e tomar medidas que protegessem a saúde dos trabalhadores.

É claro que, o que é medicina do trabalho hoje e o que ela era no século XIX são coisas muito diferentes. Mas, foi nessa época que surgiram as primeiras preocupações com os funcionários e o seu bem-estar no ambiente de trabalho.

No Brasil, com a promulgação da CLT em 1944, durante o estado novo, foram estabelecidas várias normas que buscam prevenir acidentes bem como garantir os cuidados médicos necessários aos trabalhadores. Mas, foi só em 1994 que surgiu o modelo de normas que são usadas até os dias de hoje.

O que faz um médico do trabalho?

Agora que você já sabe o que é medicina do trabalho e toda a história por traz dela, deve estar se perguntando o que, realmente, faz um médico do trabalho?

Basicamente, o médico do trabalho é responsável por criar medidas preventivas assim como panoramas sobre problemas futuros, relacionados às atividades exercidas pelos funcionários.

Para isso é de extrema importância que o médico conheça muito bem as atividades exigidas pela empresa, bem como os limites físicos e mentais dos empregados, a fim administrar as demandas da organização e as funções dos funcionários, de modo que ambos sejam beneficiados.

Além disso, também é função do médico do trabalho promover ações educativas junto aos empregados, explicando dentre outras coisas:

  • O que é medicina do trabalho e quais benefícios ela pode oferecer ao empregado;
  • De que forma o empregado deve se comportar no ambiente de trabalho para prevenir impactos negativos em sua saúde e qualidade de vida;
  • A importância dos EPI´s na prevenção da saúde individual do trabalhador.

É importante dizer que para exercer a medicina do trabalho, o médico deve ter um certificado de residência médica em medicina do trabalho ou ter prestado prova de título na ANAMT, assim como o domínio de conceitos e ferramentas utilizados na saúde pública. 

Objetivos da medicina do trabalho

Tão importante quanto saber o que é medicina do trabalho, quando surgiu ou o que faz um médico do trabalho, é entender os objetivos por traz dessa modalidade de atendimento à saúde. E dentre os principais objetivos da medicina do trabalho, estão:

  • Prevenir doenças que possam vir a ser causadas ao trabalhador por conta de sua atividade profissional, devido a exposição a agentes ambientais como o sol ou calor, ou devido à realização de movimentos repetitivos ou grandes esforços;
  • Zelar pela saúde psicológica dos funcionários da empresa;
  • Aplicar o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional previsto na Norma Reguladora número 7 de acordo com a área de atuação da organização;
  • Indicar quais exames devem ser feitos rotineiramente de acordo com o cargo que o trabalhador ocupa, a fim de acompanhar sua saúde;
  • Transmitir conhecimentos aos trabalhadores sobre comportamento e hábitos que evitem agravar ou criar problemas de saúde;
  • Definir quais exames admissionais devem ser feitos na contratação de novos funcionários para que possa ser emitido o Atestado de Saúde Ocupacional (ASO).

A importância da medicina do trabalho para as empresas

Muitas pessoas ficam na dúvida sobre o que é medicina do trabalho para as empresas. Ou seja, qual é o impacto da medicina do trabalho para as organizações.

A verdade é que, embora alguns empregadores costumam tratar a medicina do trabalho apenas como uma obrigação prevista em Lei, ela pode trazer inúmeras vantagens para as empresas.   

Redução dos casos de absenteísmo

A partir do momento em que a medicina do trabalho começa a ser implementada dentro de uma empresa, os cuidados com a saúde do trabalhador acabam se refletindo em maior produtividade e conforto, gerando menos incapacitações de ordem física, bem como psicológica ou até emocional.

Diminuição de custos

Funcionários que possuem um acompanhamento médico adequado no ambiente de trabalho, possuem uma qualidade de vida melhor e, por isso, apresentam uma necessidade menor de ir sempre ao médico, o que gera menos custos com planos de saúde.

Além disso, os trabalhadores com a saúde prejudicada precisam em alguns casos serem remanejados ou até mesmo substituídos, gerando gastos com contratação assim como em treinamentos.

Credibilidade

Cuidar da saúde da sua equipe de trabalho também mostra o quanto uma empresa valoriza seus empregados. E isso, contribui para elevar a credibilidade da sua marca no mercado.

Conclusão

A medicina do trabalho representa hoje uma poderosa ferramenta para garantir mais produtividade para as empresas além de mais qualidade de vida aos empregados.

Precisa de uma consultoria em Medicina do Trabalho? Conheça a proposta inovadora e tecnológica da Contrei para garantia de máxima saúde de sua equipe com eliminação de retrabalhos e melhorias em custos e qualidade. Clique aqui e converse com um de nossos consultores.           

Você também pode gostar
Medicina do Trabalho

Você também pode se interessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Fale com um consultor