Nenhum comentário

Saúde Ocupacional: Como manter sua equipe segura em tempos de Coronavírus

Saúde Ocupacional: Como manter sua equipe segura em tempos de Coronavírus

Embora a Ciência indique que o distanciamento social seja a medida de prevenção mais efetiva para combater o Coronavírus e as mortes causadas pela doença, alguns setores da economia estão reabrindo. E para manter os funcionários protegidos de um possível contágio nesse retorno, muitos deles têm investido em ações de Segurança e Saúde Ocupacional.

Esta tem sido uma tentativa de encontrar um equilíbrio entre salvar vidas e impedir problemas econômicos, como o crescimento desenfreado do desemprego e da fome.

Nesse cenário a empresa adquire a responsabilidade extra de evitar, e se não for possível, ao menos desacelerar a transmissão do vírus. Para isso, é possível fazer uso da segurança e saúde ocupacional com o objetivo de tomar precauções e realizar ações preventivas simples, mas bem planejadas, a fim de proteger trabalhadores e a comunidade em geral.

Pensando nisso, trouxemos nesse post algumas medidas que podem ser implementadas dentro da sua empresa para minimizar os riscos de transmissão e manter sua equipe segura em tempos de pandemia. Confira!

Como manter sua equipe segura através de medidas de Saúde Ocupacional

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem divulgado informações sobre como prevenir a transmissão de coronavírus nos locais de trabalho, auxiliando os profissionais da área de saúde ocupacional a implementar medidas que se adequem as instituições e impeçam a propagação do COVID-19.

Separamos abaixo as 7 medidas que podem ser utilizadas na prevenção da doença dentro da sua empresa. Todas elas são bem simples e trazem excelentes resultados.

1.    Elabore um plano de contingência

Estamos vivendo em um momento de crise sanitária. E hoje é preciso que você encontre formas de prevenir a contaminação dentro no ambiente de trabalho. O primeiro passo para isso é fazer uma análise que identifique os possíveis riscos e encontrar estratégias que os minimizem.

A montagem de um bom plano de contingência deve conter 5 grandes áreas. São elas:

  • Analise e monitoramento de riscos à saúde;
  • Mapeamento das ações e funções dos funcionários;
  • Plano de descontaminação da empresa;
  • Recomendações de higienização para os profissionais;
  • Uma lista de processos e políticas que devem ser desenvolvidas para aumentar o distanciamento entre os funcionários.

2.    Verifique constantemente se os locais estão higienizados

Garanta que todas as superfícies, sejam elas mesas, bem como cadeiras, telefones e demais objetos estejam sempre higienizados. Para isso eles precisam ser limpos com desinfetantes regularmente. 

 3.    Mantenha os funcionários afastados

Embora os funcionários estejam voltando para o trabalho, a recomendação de distanciamento continua a mesma. Em caso de escritórios é importante manter um espaço de 2 metros entre as mesas. Além disso, caso os membros da sua equipe tenham que lidar com o público, é recomendável que sejam instaladas paredes de acrílico para separa-los.

Você também pode adotar outras barreiras físicas mais simples, como o uso de máscaras e talvez, se julgar necessário, protetores de face.

4.    Acompanhe pessoas que possam estar em risco

Esse é o seu time e, nesse momento difícil, é importante apoiá-los. Portanto, implante um processo que identifique pessoas que sejam do grupo de risco e lhes forneça as orientações preventivas, bem como o suporte necessário para garantir que elas se mantenham seguras.

Além disso, é importante que essas pessoas não sejam marcadas negativamente ou sofram julgamentos por outros colegas. Afinal, esse é o completo oposto do que se pretende com esse acompanhamento. Para isso, talvez seja interessante não divulgar informações sobre essas pessoas aos outros membros da equipe.

5.    Ofereça um bom lugar para a higienização das mãos e descarte de itens contaminados

A higienização regular das mãos é uma das melhores maneiras de evitar a transmissão do vírus. Portanto, deixe recipientes ou dispensers com álcool em gel sempre disponíveis para que o funcionário tenha acesso ao produto.

Outro ponto importante são os banheiros e os espaços de descarte de lixo contaminado, como papéis e até máscaras descartáveis. Não se esqueça que ambos devem ter tratamento especial. 

6.    Promova a higienização do ar no ambiente

Outro ponto a ser considerado pelos profissionais da área de saúde ocupacional é a higiene respiratória do ambiente de trabalho, já que a transmissão do vírus acontece também pelo ar.

Para isso, é importante reduzir o acumulo de poeira ao máximo, garantir a circulação de ar e, se possível, trocar o ar condicionado pelas janelas abertas.

 

7.    Suspenda as reuniões presenciais

Reuniões geralmente são realizadas em espaços fechados e com pouco circulação de ar e isso é um prato cheio para o coronavírus. Por isso, o ideal é que, nesse retorno, as reuniões presenciais sejam suspensas. Uma boa opção para contornar esse problema é realiza-la de forma remota, ou em casos de extrema necessidade, em espaços ventilados.

 

Aposte na comunicação e conscientização dos seus funcionários

Investir na conscientização do seu time também é essencial, já que mesmo que você crie o ambiente ideal dentro da empresa, ele ainda pode acabar sendo contaminado fora dela.

Entre as muitas coisas que você pode fazer para desenvolver uma comunicação clara com seus funcionários sobre esse problema e prevenir que eles acabem contraindo o vírus, destacamos essas duas:

Divulgar em painéis cuidados com a higiene  

Uma boa opção é utilizar seus painéis de recado para divulgar informações sobre a higiene correta e outros cuidados com a saúde. Essa medida pode ser combinada a palestras e workshops realizados por um profissional de saúde ocupacional.

Divulgue uma nova política de licença médica

Deixe claro aos seus funcionários que, caso eles apresentem qualquer sintoma, devem permanecer em casa e que eles poderão contar esse tempo como licença médica ou se for possível trabalhar remotamente em casa.

É importante destacar que essas medidas não são capazes de interromper a transmissão. E que o ideal ainda é o trabalho remoto, contudo, como isso nem sempre é possível, adotar ações que desacelerem a propagação do vírus traz resultados significativos e pode salvar muitas vidas.

Lembre-se que essas são algumas das orientações que precisam ser seguidas e que você, como gestor e líder da sua equipe, deve conhecer sua empresa, adaptar as dicas e encontrar novas formas de proteger seus colaboradores.

Entre em contato com um de nossos consultores e conte com a ajuda da Contrei para identificar os problemas e encontrar saídas inovadoras através dos serviços de combate e prevenção a COVID- 19 desenvolvidos pelos nossos profissionais especializados em segurança e saúde do trabalho.

Você também pode gostar
Medicina do Trabalho

Você também pode se interessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Fale com um consultor